Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

24.10.19

Uma decisão que tardou


Luís Alves de Fraga

 

Em Espanha estão a ser removidos os restos mortais de Francisco Franco, generalíssimo, ditador e facínora perseguidor de espanhóis republicanos, assassino mandante de milhares e milhares de compatriotas, que lutaram pelos seus ideais políticos, que ele, como mero revoltado, combateu com ira e ódio. Estão a ser removidos da basílica do Vale dos Caídos para um cemitério mais ou menos comum, para ficarem ao lado dos da sua viúva.

 

Este homem ambicioso e cruel, ao mandar construir o monumental Vale dos Caídos estava a mandar fazer o seu próprio sepulcro para não ser esquecido na Espanha ensanguentada pelo ódio. E lá trabalharam os, então, prisioneiros políticos da guerra civil. Lá morreram muitos.

 

Isto devia fazer-nos pensar sobre a nossa História e o lugar que se reserva no Panteão Nacional a certas figuras. Mas será que os nossos políticos têm coragem para “rever” decisões passadas, como fizeram os Espanhóis?

Francamente, duvido.