Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

01.03.21

O Novo Normal


Luís Alves de Fraga

 

Perguntam-me, alguns familiares e amigos, o que será essa coisa do novo normal. Tento explicar o melhor que a minha imaginação me permite. Hoje, passando os olhos pelo jornal Expresso, topei com um método que estará muito próximo daquilo que poderá vir a ser o futuro daqui a um ano ou dois, no mundo inteiro. Está explicado numa pequena notícia, na página 28 do Primeiro Caderno, que transcrevo na íntegra, embora sem a fotografia:

 

«O Estado judeu já começou a recolher os frutos da rapidez com que está a vacinar a sua população contra a covid-19. Esta semana começou a reabrir o sector da cultura, após meio ano de confinamento. Mas só quem tem o “passaporte verde” (como esta mulher, à entrada de um concerto em Telavive), que comprova que o detentor já foi vacinado, pode voltar às salas de espetáculos. Lá dentro, o uso de máscara continua a ser obrigatório e o público senta-se espaçadamente.»

 

Temos de nos ir habituando ao usa da máscara, ao distanciamento físico entre estranhos e à ideia de ter um passaporte para poder cruzar todas as portas. E temos sorte, enquanto for assim, pois poderá surgir um vírus bem pior e mais agressivo do que este que provoca a covid 19.