Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

16.12.16

O Irrequieto Presidente


Luís Alves de Fraga

 

Marcelo Rebelo de Sousa continua a estar em todo o lado (eu não queria ser responsável nem pela agenda do Presidente da República nem pela chefia da sua segurança pessoal) e continua a responder a tudo o que pode e acha que deve. Mas… olhem para as fotografias de há um ano e olhem, com olhos de ver, para as de agora: está cansado, embora a energia pareça ser a mesma!

 

O Presidente, um pouco ao contrário daquilo que muitos imaginavam, tem-se mostrado uma força de equilíbrio para o Governo, sensato, equidistante, equilibrado e justo.

Deu ontem, ao que me parece, resposta, sem o dizer declaradamente, à antiga ministra das Finanças, apoiando a acção governativa de António Costa. Contudo, na minha opinião, não se julgue que vai ser sempre assim! Se fosse, estaria “comprometido” com o Governo e perderia qualidades. O Presidente, quando achar que deve dar razão à oposição, vai dá-la e isso, aos meus olhos, faz dele um homem livre e descomprometido e não um trafulha ou vira-casaca!

 

É importante que não se confunda a postura do Professor Marcelo Rebelo de Sousa. Ele está a mostrar que, para além de ser o Presidente de todos os portugueses, procura desbloquear o que pode desbloquear. Com ele, tem de se ser inteligente e cauteloso. Prudente, porque está atento aos pormenores e às grandes linhas definidoras dos caminhos convenientes a trilhar. Já deu provas disso.

Sem dúvida, posso dizer, é o meu Presidente.

1 comentário

Comentar post