Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

Curriculum Vitae e mentiras

 

Há dias, foi notícia uma jovem candidata à liderança da Juventude Socialista que se “enganou” no CV, dando um ano de nascimento errado e habilitações académicas inacabadas como acabadas.

Isto repete-se quase todos os dias, em todos os lugares, só que não se dá por isso, visto os autores destes CV “gralhados”, como agora se tenta justificar as aldrabices, não são “figuras públicas”.

 

Há muitos anos, conheci uma jovem, que ainda não tinha concluído o mestrado, faltando-lhe defender a tese, pretendente a um lugar num determinado Ministério. Com todo o desplante, para me pedir conselho, por eu ser muito mais velho do que ela, mostrou-me o CV bastante “compostinho”, dando realce às disciplinas com melhor classificação no ensino secundário, às da licenciatura e às do mestrado (parte escolar) e, depois, porque não tinha mais nada para dizer, porque mais nada tinha feito na vida, acrescentou, numa rubrica a que chamou CONFERÊNCIAS, os títulos de todas as palestras ouvidas nos últimos anos.

Ela não estava a enganar ninguém, é certo, pois não dizia ter feito aquelas conferências, mas, alguém mais incauto, podia tomar o “não dito pelo dito”.

Claro que esta jovem conseguiu o lugar no Ministério, concluiu o mestrado, fez carreira, obteve um doutoramento no estrangeiro – esta coisa de doutoramentos “lá fora” sempre me causaram engulhos intelectuais, porque há quem os consiga fazer em universidades de ensino a distância ou em universidades de qualidade duvidosa – e hoje tem a vidinha assegurada com mais de vinte e oito anos de serviço e uma posição de destaque no tal Ministério. E, note-se, não fazia parte de nenhuma “Jota”, embora soubesse insinuar-se bem junto de quem tinha competência para a poder ajudar, descartando rapidamente a ajuda anterior para se “pendurar” noutra mais “útil”.

 

Puxei este exemplo à colação para mostrar que os “enganos” nos CV não são “fruto” dos tempos que correm, mas já vêm lá muito de trás. Foi com um CV bastante “florido”, que Alves dos Reis – o grande falsário português, do século XX –, também fez carreira e, curiosamente, inventando um diploma de um curso de engenharia no Reino Unido. A diferença entre a menina que queria ser líder da JS, a menina minha conhecida e Alves dos Reis é tão ligeira que quase nada os separa uns dos outros.

 

“A mentira tem perna curta” diz a voz popular e, aprendi eu nos Pupilos do Exército, “A mentira é um manto curto e esfarrapado que não chega para cobrir a verdade”.

As pessoas são assim, quando os seus anseios não se contêm dentro das suas possibilidades. Mas são assim cá e noutros lados, porque tudo depende do carácter de cada um.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D