Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

Fio de Prumo

Aqui fala-se de militares, de Pátria, de Serviço Nacional, de abnegação e sacrifício. Fala-se, também, de política, porque o Homem é um ser político por ser social e superior. Fala-se de dignidade, de correcção, de Força, de Beleza e Sabedoria

24.11.12

Uma questão de cultura


Luís Alves de Fraga

 

«O silêncio é ouro, a palavra é prata», diz o velho provérbio chinês, que se tornou metáfora entre nós.

O Senhor Presidente da República, talvez por deformação profissional, num discurso público passado na televisão, materializou o silêncio e, como é dado a saber o valor do nobre metal, afirmou que “o silêncio é de ouro”.

De ouro são algumas das peças de ourivesaria, nunca o silêncio, pois esse só pode ser equivalente ao ouro na mente de quem sabe gerá-lo em condições apropriadas.

O Prof. Doutor Cavaco Silva – doutorado em Economia na Grã-Bretanha – deseja – quem sabe? – ganhar o prémio Nobel da Química transformando, qual medievo alquimista, o silêncio em aurífero minério capaz de ser guardado nos cofres do Banco de Portugal! Era bom que o fizesse sem ser à custa de discursos, mas, para tanto, falta-lhe o engenho e a arte que sobrou a Camões para escrever em dez cantos “Os Lusíadas”.

Haja paciência!

1 comentário

Comentar post