Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo



Quinta-feira, 15.12.16

Rezei... à minha maneira

 

Há anos, estando agonizante o papa João Paulo II, eu dei comigo a, à minha maneira, rezar para que Deus - esse Deus sobre o qual tenho muitas dúvidas - o ajudasse a fazer o trânsito desta vida para a eternidade da nossa memória. Não me arrependo nem um pouco do que fiz. Eu sei - julgo - separar o que me separa das ideias e do respeito que devo aos meus semelhantes. Eu fui velar, por minutos, o cadáver do General Vasco Gonçalves e, contudo, não fui gonçalvista. Na morte e na agonia respeito os grandes lutadores, mesmo que não tenham estado do mesmo lado da minha "barricada" e, principalmente quando não estiveram desse lado. Lutaram; isso é que me importa.

 

Era menino e ensinaram-me, no Instituto dos Pupilos do Exército, a que, à passagem de um carro funerário transportando um ser humano já cadáver, devia postar-me em sentido e saudar com uma correcta continência esse morto anónimo. Continuo a, à vista de um veículo desses, em transporte dessa natureza, a dizer de mim para mim: «Paz à sua alma». É a minha saudação de velho reformado das fileiras militares. É a minha saudação cívica a alguém que já não pertence ao mundo dos vivos.

 

Abro excepções neste comportamento. Claro que as abro! Mas não hostilizo! Salazar, na morte, mereceu o meu silêncio e não o passei de besta a bestial! Na morte de Pinochet fiquei silencioso! A morte é a última porta da vida que se cruza antes de se entrar no amplo salão do tribunal da História. Depois da morte, que se faça o julgamento, mas quando ela está a ocorrer, mas quando ela acabou de ocorrer, na falta de elogio, façamos silêncio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Luís Alves de Fraga às 11:28


1 comentário

De naterradosplatanos a 15.12.2016 às 17:37

Gostei muito do seu post, realmente há muitos dos quais conhecemos o seu comportamento relativamente à sociedade que só merecem a nossa indiferença. Pelo contrário outros, mesmo que desconhecidos merecem o nosso recolhimento!
Vou por o seu blog nos meus favoritos.
D. ( a "dona"do Areeiro e por aí...)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031