Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo



Sábado, 20.05.17

Choque

 

Há várias coisas que me chocaram e me chocam na Vida, mas aquela que me traz hoje a escrever é a corrupção ou, se se preferir, a falta de Ética dos tempos que correm.

 

Sei que a minha idade me leva a medir os tempos por paradigmas diferentes dos actuais — até, se calhar, porque não mudaram os tempos, mas mudei eu! — contudo, os indícios escritos, os rastos nos jornais, rádios e televisões são evidentes.

A corrupção sempre existiu, mas não tão descaradamente exposta e vivida como no presente.

 

Será, talvez, melhor eu colocar a questão doutro modo:

A falta de ética comportamental nos diferentes domínios da sociedade actual — não só a portuguesa, mas a de todo o mundo — é abismal.

Rouba-se, suborna-se, mente-se, omite-se, conspurca-se, vexa-se, incumpre-se com a maior das facilidades. E, até, se necessário for, invoca-se a democracia para dar cobertura a toda a ausência de ética.

 

Para mim — e só para mim — há um acontecimento histórico que, parece-me, justifica esta lenta, mas segura mudança comportamental da sociedade internacional: o desaparecimento do Bloco de Leste com o seu comunismo ou socialismo.

 

Do lado de lá da "cortina de ferro" podiam ocorrer horrores de toda a ordem - e ocorreram -, contudo, a existência daquela ameaça sobre o mundo capitalista obrigava à manutenção de, pelo menos na aparência, uma ética por onde não pudesse penetrar a propaganda comunista. O fim do "medo comunista" abriu a porta a todos os desvarios, a todas as más condutas, já existentes, mas convenientemente escondidas e manobradas com grandes cautelas.

O "fim" do comunismo foi a "libertação" do mau comportamento de toda a gente, porque o fenómeno é contagioso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Luís Alves de Fraga às 21:51


1 comentário

De João M. Pontes a 03.06.2017 às 23:18

Completamente de acordo consigo, caro Luís de Fraga. Costumo dizer isso mesmo aos meus familiares e amigos. Mas também estou em crer que é isto mesmo, este deboche pornográfico de corrupção sem vergonha, que irá acelerar a queda desta sociedade podre. Acredito na liberdade do indivíduo e na democracia participativa, não preconizo os regimes que se viviam para lá da cortina (regimes que muitos de nós não conheciam verdadeiramente, só depois viemos a saber algumas verdades), mas também sei que a história faz-se de fluxos e refluxos, e o que se passou no leste foi apenas uma primeira tentativa (falhada) de uma sociedade melhor, pois temos de ter esperança que o ser humano vai aprendendo com os erros. Não podemos estar condenados a este capitalismo selvagem, a este mundo podre e sem ética. Tenho 62 anos, se calhar já não verei outro tipo de sociedade no meu tempo de vida, mas tenho esperança, pois isto não pode continuar assim por muito tempo, a bolha irá rebentar.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2017

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031