Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo



Sábado, 25.09.10

Saúde Militar

 

Debateu-se a questão da Saúde Militar e da proposta de reforma hospitalar apresentada pelo Ministério da Defesa Nacional, num dos salões do Hotel Mundial, no serão do dia 21 de Setembro.

Darei publicidade à minha intervenção mais tarde. Agora, acho que é importante referir que, afinal, todos os presentes concluíram que nem a proposta do ministério apresenta fundamentação válida, nem justificação aceitável. Acima de tudo, concluíram que a reforma representa um recuo nos direitos dos militares e, garantidamente, o desmantelamento de serviços que, para além de serem úteis tal como estão, representam um apoio às famílias dos militares e a todos quantos servem ou serviram nos quadros permanentes das Forças Armadas.

A efectuar-se, trata-se de uma reforma mais dispendiosa do que a manutenção do actual quadro hospitalar.

A reforma, seguindo a vontade do ministro, vai fazer recuar o serviço hospitalar militar para estádios semelhantes aos dos anos 30 ou 40 do século XX, quando entre nós imperava a ditadura do Estado Novo.

Pessoalmente, acho uma vergonha a implementação de uma reforma que vai desestruturar os Serviços de Saúde Militar das Forças Armadas. A qualquer título, é inaceitável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Luís Alves de Fraga às 20:13


5 comentários

De Sérgio Miguel a 26.09.2010 às 11:47

Se alguns de nós temos a consciência que os políticos deste País não trabalham para o Bem Comum, então é mais que certo que esta reforma vai ser efectuada...

De Ana Maria Ribeiro a 28.09.2010 às 12:37

E NÓS, Sérgio Miguel ? Será que nós fazemos algo mais que colocar o nosso voto na urna ?
E quando digo nós, refiro-me aos "esclarecidos".
É certo que a melhor arma que o poder tem, para manter o status quo, é alimentar um povo inculto.
E NÓS, insisto, não contribuímos para isso com a nossa letargia, que nos impede de ousar, temendo que algumas das nossas regalias se dissipem ?
E NÓS, Sérgio Manuel ?

De Fernando Vouga a 29.09.2010 às 16:32

Caro senhor Sérgio Miguel

Desde a Idade da Pedra (quiçá antes) que é assim. Quem detém o poder usa-o em proveito próprio.
O mal é nós pensarmos que os governantes se interessam por nós. Por vezes até o fazem, mas apenas na medida em que tal contribua para os manter no poleiro.

De abel a 11.12.2010 às 21:27

Os outros militares são obrigados a estar lá todos os dias, os médicos militares aparecem por lá 1 ou 2 vezes no máximo por semana e só 2/3 horas no máximo. Conheci vários a entrar às 10 e saindo às 10h30para o privado. Mas o estado paga-lhe ordenado e regalias pela totalidade. sempre fizeram o que querem. Operações ou internamentos evitam porque isso só lhes dá trabalho! Só se for algum almirante. A tropa é de uma cobardia! Só se mete com os fracos. alguma vez na história meteu processo disciplinar contra algum médico? Sempre se andou com eles ao colo, até os promove a almirantes/generais! Mas os Drs. não precisam dos militares para nada! A tropa fez o Abril contra si própria (estava antes muito bem) agora a "democracia" enxovaha-os!!!
Os Drs. não precisam da tropa para nada! Gozam! Vejam saem todos! Se fossem com os outros, tinham que amochar para a sopita ou processo disciplinar! A tropa nunca soube amansar os médicos! estes são mais que os generais!!! A tropa estava mal no "fascismo"? Com hospitais cada ramo,prestígio e os do quadro praticamente a salvo de guerras? No Ultramar recebia-se tão bem!!! Fizeram a fantochada do abril mas o golpe estava para ainda vir enão foi dado pelos militares: hospitais e medicamentos uma miséria, reformas cortadas, corte de verbas, fecho de unidades, refeições a pagar ... Lembram-se das maternidade militares, dos medicamentos a 100% e das senhas de gasolina?Agora a nova lei 2008 considera-os funcionários público, qualquer dia despedimento..

De Mário de Noronha a 28.01.2011 às 01:46

Mesmo que funcionem mal, os hospitais militares parecem ser menos maus do que os civis por onde tive de passar por ter sido transportado pelo INEM.
Entre dois males +refiro o menor.
Mário de Noronha

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930