Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo



Terça-feira, 02.10.07

O ministro não rejeita nada

 
O Correio da Manhã dá destaque, tal como as agências noticiosas o deram no dia de ontem, à rejeição, por parte do ministro da Defesa Nacional, de veículos blindados para transporte de pessoal, por estarem mal acabados.
 
Como é evidente, o ministro quer usufruir de um protagonismo que nem lhe pertence. A rejeição dos veículos blindados resulta da vontade da comissão técnica do Exército encarregada de fazer a recepção do material, conferindo se satisfazem aos requisitos contratuais. E não satisfazem, por isso, quem rejeita é o Exército, que, naturalmente, o tem de fazer por intermédio da Defesa Nacional.
 
Mas uma rejeição de material pode dar dividendos políticos e, o ministro Severiano Teixeira — que, às escondidas, gosta de pescar em águas alheias — chama a si a grande importância de recusar o material! Pobre figura que se contenta com tão pouco!
 
Já há tempos assinalámos aqui uma certa tendência de Severiano Teixeira para o ridículo ao fazer declarações bombásticas que ficariam correctas na boca de um secretário de Estado norte-americano, mas que soam a falso na de um ministro de quarta categoria de um país de enésima importância. Severiano Teixeira, na falta de melhor, como dizem os Brasileiros, quer bancar o importante, protagonizando um papel de opereta.
 
Senhor ministro, as Forças Armadas são — como tinha obrigação de saber — uma instituição séria e respeitável que se não devem prestar a oferecer contextos favoráveis a protagonismos falsos e bacocos. Mova as suas influências para que as agências noticiosas não deitem cá para fora inverdades.
 
Quem rejeitou os veículos blindados, repito, foi o Exército e, dentro dele, uma comissão de técnicos que sabe do assunto; de um assunto do qual o ministro nada sabe e faz figura, para quem conhece como as coisas se processam, de pau mandado, nada mais!
Tenha vergonha!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Luís Alves de Fraga às 10:49


2 comentários

De António José Trancoso a 02.10.2007 às 12:09

Meu Caro Alves de Fraga
Pau mandado e...torto.
Tarde ou nunca se endireitará.
(Acautela a tua Tese de Doutoramento...)

De Camoesas a 02.10.2007 às 20:14

Pois é, a sede de protagonismo, colhendo os louros dos outros.

Já agora, porque não se lembra o Exmo sr ministro de explicar ao país, como está a venda dos F-16 , dada como facto, pelo anterior "portador" da pasta?
Já lá vai um tempinho...

Não me digam que não houve um qualquer país do 3º mundo que quizesse comprar as carcaças...
...Também não interessa, facto é que o anterior "portador" da pasta da Defesa, colheu algumas uvas com isso!

E a Empresa de Meios Aéreos, "concorrente" da FAP (se bem que a EMA, com fins lucrativos-para alguns...), depois do seu "general" se ter demitido pouco depois da "promoção" e dos seus meios não estarem com situação legal para cumprir as missões, como vai?

Dando lucro a alguns?

Pois é; o ministro da Defesa era outro e o Exmo senhor ministro António Costa...foi "promovido" a presidente de câmara. Qualquer dia ainda chega a vereador de uma qualquer Vila no Portugal profundo...

Coisas que só o desgaste da imagem e o proveito dos cargos, podem explicar!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031