Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fio de Prumo



Sábado, 29.09.07

O País está Doido

 
Ouvindo melhor a entrevista de Pedro Santana Lopes e com a ajuda do vídeo que passo em baixo, concluo que o entrevistado disse algo muito importante: o País está doido.
Doido, porque, alienado pelos órgãos de comunicação social, prefere um treinador à opinião de um político — mau ou bom, não interessa.
 
Ricardo Costa traduz, com as suas palavras, somente aquilo que nos órgãos de comunicação social se pensa sobre a formação de opinião em Portugal: é mais importante a chegada do José Mourinho do que ouvir uma entrevista sobre o segundo partido político mais votado pelo eleitorado português.
 
Ricardo Costa até — em meu entender abusivamente — interpreta o pedido de Santana Lopes como sendo uma consequência da importância do futebol!
E terá sido? Santana Lopes só disse que estava ali com sacrifício pessoal, nada mais!
 
Não nos venha o Primeiro-Ministro “adormecer” com as célebres afirmações de que Portugal está a progredir economicamente… Seja capaz de fazer qualquer coisa pela mentalidade dos Portugueses. Mude a escola, eduque os pais e corrija os órgãos de comunicação social.
 
Fiquem em paz com as imagens (que não são muito boas, mas são as que consegui arranjar)
 
 
"

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Luís Alves de Fraga às 08:36


4 comentários

De António José Trancoso a 29.09.2007 às 13:10

Meu Caro e Bom Amigo
É quase verdade aquilo que Santana Lopes afirmou: O País está doido!
Faltou-lhe umas pequenas achegas para que o retrato ficasse completo:
Está doido, estupidificado-embrutecido e malcriado.
E cada vez mais pobre.
Compreender-se-á, assim, o comportamento da comunicação social, que nada mais faz que "albardar o burro à vontade do dono"...
Como diria um célebre psiquiatra cá do burgo (já falecido)," nunca se contraria um maluco".
Nesta ordem de ideias não fará sentido oferecer uma requintada refeição a quem nunca ultrapassou as "batatas a murro".
Se a aldrabice oficial, subjacente à oratória do Poder, é embrulhada na brilhante desfaçatez das promessas por cumprir;
se,...;
se,...;
e, se,...
Então, vivam os Mourinhos, os Ronaldos, os Joes-banqueiros, os Valentins, os Amarais, os Generais a aguardar a reforma, e tantos outros que "da lei da pobreza se foram,e vão, libertando"...
À gente séria resta a consolação de ainda encontrar um lugarzinho sentado no novo Santuário de Fátima...
Ámen.


De Davi Reis a 01.10.2007 às 15:21

Caro Professor:

Creio que esta foi a primeira "santanagem" de PSL de que gostei... Muitíssimo pedagógico.

Um abraço fraterno

De Fernando Vouga a 01.10.2007 às 22:58

Passe a atitude digna que PSL tomou frente às câmaras, o que prova que não é burro de todo, esta figura de opereta não tem pinta de vergonha. É um falhado profissional. E até, como todos os bons falhados, escreveu um livro a culpar tudo e todos.
Apetece-me plagiar Mário Soares: " Ó homem, desapareça"

De António Viriato a 02.10.2007 às 00:46

Caro Amigo Alves Fraga,

Temos todos de reconhecê-lo : o País há muito ensandeceu, com a grande colaboração das TV, a pública e as privadas, que se tornaram na maior máquina de alienação do mundo moderno, mas democrático, claro, não vá o Povo sonhar que vive sob forte condicionamento mental !

Ter sido PSL a relembrá-lo, pode parecer irónico, mas não deixa de ser verdadeiro.

E não se deve recusar a evidência. Toda a nossa vida política e social se futebolizou. A bola ocupa exaustivamente a cabeça de muita gente, tanto que lhes não sobra espaço para mais nada.

Mas como inverter este deprimente quadro, 33 anos após o nosso tão feérico quanto decepcionante idealismo democrático ?

Se até já tem de ser o PSL a protagonizar uma atitude politicamente honrada e digna, como poucas se terão visto nos últimos anos, por parte dos putativos líderes de opinião : políticos, analistas ou comentadores, todos rendidos à mediocridade endinheirada, ao fogo-fátuo das pequenas vaidades triunfantes, mesmo se por pouco tempo em palco ...

O caso fala por si e é bem a medida da nossa presente desgraça, aqui sem necessidade de rectificar a expressão...

Um abraço.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30